AMAN75-83
O tema é: Brasil em perigo

E O POVO?

Por: NEY DE OLIVEIRA WASZAK - CEL
Em: 06 de ABRIL de 2016

Assistimos o pt e seus asseclas promovendo uma verdadeira feira livre, há muito tempo vemos a ocupação de Ministérios por votantes a favor do governo, sem o menor conhecimento técnico referente à sua pasta, ou não é importante o Ministro saber o que deve fazer?

Hoje às vésperas do impeachment, se Deus nos ajudar, a coisa piora, está claro que os cargos serão distribuídos a quem possa garantir voto contra o referido impeachment. Pergunto: Isto não chega a ser CRIME?

O apedeuta trabalha num suposto ministério, instalado em um hotel, em Brasília, cooptando qualquer um que possa garantir o voto contra o impeachment ou o não comparecimento à Câmara, no dia da votação. Isto não é prevaricar?

Na defesa da terrorista vemos os sindicatos usarem recursos do Governo Federal, que são as contribuições sindicais, para custear manifestações em favor da terrorista.

O Brasil assistiu ao líder, da cut, vagner freitas, ameaçar Deputados, Senadores, proprietários de fazendas e brasileiros, e não recebeu voz de prisão. O pior é que as ameaças ocorreram na presença da presidente, e esta naturalmente lembrando que é terrorista, com responsabilidade nas mortes; do Cap Charles Rodney Chandler, do Sgt Mário Kosel Filho e assalto à casa da amante de Ademar de Barros, abraçou o criminoso. Chamem a Polícia!

Normalmente as manifestações dos petralhas ocorrem nos dias de semana em horário de trabalho, e os contra o governo não aparecem, porque o brasileiro que é contra, em horário comercial, está gerando recursos, por meio do trabalho honesto.

O que vemos é que o POVO não interessa a essa gente de esquerda, o importante é o poder, e o projeto bolivariano, criado pelo foro de São Paulo, nos querem como a Venezuela.

A reação deve ser feita pela população, por entidades de classes de verdade.

Acredito que nossas Forças Armadas (FFAA) estejam acompanhando e em alerta para defender o Brasil e os brasileiros da sanha comunista, da mesma forma que foi feito em 1935 na Intentona Comunista e em 1964 com a Contrarrevolução.

Não tenho autoridade para falar pelas FFAA, mas não tenho dúvida de que se o chamado exército de stédile, conforme o apedeuta convocou, for às ruas para intimidar nossa população, será rechaçado por nossas FFAA.

Esse método de ocupação de cargos, com os asseclas e geradores de votos é que causaram a corrupção e roubalheira em todas as esferas e nos colocaram numa recessão.

Muito estranho é que em nenhum momento se pensa em colocar na função aquele que pode ser eficaz e sim aquele que trará voto e subserviência ao mandatário, então as perguntas:

E O POVO?

ATÉ QUANDO VAMOS ACEITAR A CORRUPÇÃO E IMPLANTAÇÃO DA DITADURA BOLIVARIANA?