AMAN75-83
O tema é: Verdades

Cassar os partidos comunistas

Por: NEY DE OLIVEIRA WASZAK - CEL
Em: 11 de MAIO de 2016

Não entendo como o mundo civilizado aceita a propaganda e disseminação do comunismo, responsável por mais de 100 milhões de assassinatos em todo o mundo.

Especificamente no Brasil, tentaram o poder de forma clara nos seguintes momentos:

1. Intentona comunista.

Em 1935, no episódio conhecido como “Intentona Comunista de 35”, traidores como Luiz Carlos Prestes, que aliciou militares, pagos por Moscou, iniciaram o levante em Natal, Recife e Rio de Janeiro, matando Militares que estavam dormindo em seus alojamentos.

No dia 23 de novembro dois sargentos e dois cabos iniciaram o levante em Natal. Houve vandalismos, casas e lojas foram saqueadas.

Tropas vindas de Recife puseram os revoltosos em fuga.

No dia 25, em Recife, um sargento e alguns civis, atacaram a cadeia pública e tentaram se apoderar do QG da 7ª Região Militar, assassinando dois Tenentes. As forças legalistas, no dia seguinte já dominaram a situação.

No Rio de Janeiro, Prestes declarou que a rebelião deveria iniciar dentro de dois ou três dias, e às 2h (duas horas) da madrugada do dia 27, iniciaram, assassinando Oficias que dormiam nos alojamentos. O Capitão Agliberto matou friamente o seu amigo Capitão Benedito Lopes Bragança, que se achava desarmado e indefeso.

No 3º Regimento de Infantaria, na Praia Vermelha, os rebeldes, chefiados pelos Capitães Agildo Barata, Álvaro Francisco de Souza e José Leite Brasil, dominaram a Unidade Militar. Durante o dia 27 ocorreu duro combate, até que às 13 horas e 30 minutos, os rebeldes se entregaram.

Esta tentativa do comunismo no Brasil foi uma ação covarde, que teve Prestes, como traidor da Pátria.

2. João Goulart e a tomada do poder a partir do chefe do executivo.

O governo de Jango, planejava a transformação não conseguida em 35. Para nossa sorte, a partir da convocação de senhoras, a igreja e a mídia aderiram às manifestações contra a implantação do comunismo e exigiram ação do Exército Brasileiro, iniciada pelo Gen Mourão, que ao se deslocar de Minas Gerais, para o Rio de Janeiro, desencadeou a Contrarrevolução de 1964, ovacionada por toda a população e mostrada como vitória por toda a mídia.

3. Terrorismo e guerrilha.

Durante governo João Goulart já existiam campos de treinamento de guerrilha no Brasil.

Em 4 de dezembro de 1962, o jornal ”O Estado de São Paulo” noticiou a prisão de diversos membros das famosas Ligas Camponesas, fundadas por Francisco Julião, num campo de treinamento de guerrilhas, em Dianópolis, Goiás.

Os comunistas, inconformados com a REDENTORA e como já estavam se preparando desde a década de 50, iniciaram uma guerra suja, o terrorismo.

Praticaram assaltos, explodiram bombas, assassinaram pessoas friamente, em frente aos familiares. O Grupo do Genuíno esquartejou um garoto de 17 anos, matando-o em seguida, tudo isso na frente dos pais.

Após uma série de ações terroristas, e sem condições legais para combatê-lo o Gen Costa e Silva, edita o famoso Ato Institucional nº 5, que deu força às autoridades legais.

O Grupo ao qual pertencia a terrorista vanda, ou dilma rousseff, foi responsável, entre outros crimes, pelo assalto ao cofre do Ademar de Barros e da explosão de uma bomba no Quartel General do II Exército, matando o Soldado Mario Kosel Filho e ferindo outros.

Novamente nossas Forças Armadas (FFAA), venceram os terroristas. Infelizmente foram anistiados posteriormente, voltaram para tentar novamente.

4. Tentativa do pt, com josé dirceu, lula, o poste (a terrorista) e partidos de esquerda.

A esquerda tendo a experiência anterior, lançou mão da metodologia gramscista, que fora iniciada ainda antes dos anos 60. Por essa metodologia a tomada do poder ocorre, usando o que a democracia permite; concurso para cargos públicos e ingresso na política. Tendo em vista que nosso povo na sua grande massa é ignorante, escolar e politicamente, facilmente chegaram ao poder, mesmo com os casos dos assassinatos dos Prefeitos Toninho do pt e Celso Daniel.

Chegaram ao poder, mas para nossa sorte, se locupletaram com bens públicos e os seus crimes de corrupção foram vistos; o caso do “mensalão”, “petrolão” e outras maracutaias, na realidade crimes de lesa pátria.

Houve a mistura de interesses pessoais, partido, governo e Estado, e tal mistura chamou a atenção sobre os bandidos do pt e da esquerda. Hoje os brasileiros já têm consciência dos bandidos, lula, dilma, josé dirceu e corja.

Para nos salvar aparece nas investigações o Exmo Sr. Juiz Sérgio Moro, um valoroso brasileiro, que está identificando e caçando os corruptos e ladrões.

As ações provocadas pelo Ilustre Juiz Sérgio Moro estão provocando o impeachment da chefe do executivo, sem o concurso das FFAA, pelo menos até que não haja convulsão.

A tentativa continuará, no Governo pós impeachment.

O provável governo após o impeachment não está livre da esquerda e de bandidos, pois aparentemente serão os mesmos personagens que já pertenciam ao governo, e alguns até investigados pelo caso lava-jato.

Uma avaliação que faço e que mostra a tendência para o comunismo, é que o Ministro da Defesa não será um Oficial General, e sim há a indicação de mais um ignorante na área, um político comunista, sem o menor mérito para a função.

O provável Presidente Temer deseja manter afronta às Forças Armadas?

Os primeiros passos do provável governo, que também é de esquerda, não está na composição de um quadro de mestres, nas áreas envolvidas. Novamente o toma lá dá cá, isto não é o correto. Os cargos deveriam ser ocupados por competência, independente de partidos, ou melhor, o ideal seria que não fossem vinculados a qualquer partido, enquanto isto não for feito não chegaremos onde se deve.

Acredito que agora fica claro para todo brasileiro, responsável e honesto, que a esquerda sempre fez mal ao Brasil, e continua a tentativa de tomar do poder, devemos alijar essa corja ladra e assassina.

Da mesma forma que o nazismo é corretamente proibido, por causa do holocausto, ou seja, a morte de 6 (seis) milhões de judeus, o comunismo deveria também ser proibido por ter executado mais de 100 milhões de pessoas, ou seja, mais de 16 (dezesseis) vezes o holocausto.

Numa recente pesquisa sobre os partidos comunistas no Brasil verifiquei que ambos, o pc do b e o pcb, devem ter seus registros cassados.



Constituição Federal de 1988

Dos Princípios Fundamentais


Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

------------------

DOS PARTIDOS POLÍTICOS


Art. 17. É livre a criação, fusão, incorporação e extinção de partidos políticos, resguardados a soberania nacional, o regime democrático, o pluripartidarismo, os direitos fundamentais da pessoa humana e observados os seguintes preceitos:

A Lei dos Partidos Políticos - Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995.


Art. 1º O partido político, pessoa jurídica de direito privado, destina-se a assegurar, no interesse do regime democrático, a autenticidade do sistema representativo e a defender os direitos fundamentais definidos na Constituição Federal.

No "site" do pc do b, no seu estatuto, lê-se o seguinte: "Visa à conquista do poder político pelo proletariado e seus aliados, propugnando o socialismo científico. Tem como objetivo superior o comunismo".

No "site" do pcb, também no seu estatuto, é lido o seguinte: "O PCB tem por objetivo da sua ação política a ultrapassagem da sociedade capitalista e a construção de uma sociedade socialista, na perspectiva do comunismo, e fundamenta esta ação nos princípios do Marxismo-Leninismo".

Acredito que os referidos estatutos estão em desacordo com cláusula pétrea de nossa constituição, e por isso tais partidos devam ter os seus registros cassados.

Fico a pensar que não sei mais ler, pois apesar de não ser literal, em minha opinião é absolutamente claro que qualquer ação contrária à Constituição, não é legal e deve ser condenada e banida.

Pelos argumentos acima, pergunto:

Por que os partidos comunistas não são cassados?