AMAN75-83
O tema é: Brasil em perigo

SOLUÇÃO PARA BANDIDAGEM

Por: NEY DE OLIVEIRA WASZAK CEL
Em: 27 de FEVEREIRO de 2018

Nas últimas décadas, especificamente a partir da promulgação da Constituição atual, vemos vários eventos negativos, que prejudicam o cidadão brasileiro.

Vemos tragédia como a de Mariana, onde a falta de fiscalização e até a conivência, por corrupção, que devastou parte significativa do estado do Espírito Santo, causando mortes e prejuízos, que até hoje não foram ressarcidos.

Agora vemos no município de Barcarena, vazamento na mineradora, Hydro Alunorte, que já admitiu haver ligações clandestinas. Como tais ligações foram feita? Onde estava a fiscalização?

Vemos tragédias provocadas por gestões irresponsáveis.

Grande parte desses ocorridos teriam sido evitados por uma gestão responsável e uma fiscalização não corrupta.

O cidadão prejudicado, por ter entes queridos mortos, feridos ou com sequelas, não tem resposta do Estado ou da Justiça.

Os responsáveis, quero dizer, culpados, são conhecidos e facilmente identificados, mas nosso sistema jurídico existe para proteger o bandido, são recursos e mais recursos, para livrar o responsável de sua responsabilidade.

É absurda a cantilena de que o bandido é inocente até a última tramitação, vemos constantemente, rábulas soltarem os piores bandidos, aqueles que usurparam os recursos do Estado, que deveriam ser usados na saúde e na segurança, e as justificativas são as mais estapafúrdias.

O pior é que as liberações são baseadas na legislação, construídas por bandidos travestidos de constituintes, em 1988.

De qualquer forma questiono a isenção dos chamados magistrados, quando estes foram funcionários da corja, ou amigos da família do apedeuta.

Estamos vendo pelos noticiários, que não há área em que não haja corrupção, desde os municípios até o governo federal, desde os poderes executivo, legislativo e judiciário.

Aproveito para falar da intervenção no Estado do Rio de Janeiro: Caso não seja instituído um AI-5, ou seja, uma lei que permita aos agentes da lei agir para coibir ações de quem age à margem da lei, mas acobertado por ela, não haverá eficácia, e para piorar ira colocar nosso Exército em situação constrangedora.

Ainda é deprimente ver rábulas, em entrevistas, se travestirem e exemplos e de juristas, donos da verdade. São uma corja.

Brasileiro exerça o seu direito, exija ação das Forças Armadas (FFAA).

Exército, Comandante Villas Bôas não nos deixe a mercê desses bandidos que sempre desejaram fazer do nosso Brasil uma república comunista.

A SOLUÇÃO É A INTERVENÇÃO TOTAL, PELO EXÉRCITO.