AMAN75-83
O tema é: Atitude

INTERVENÇÃO MILITAR!

Por: GEN PAULO ASSIS
Em: 06 de MAIO de 2018

Caso o STF continuar desafiando a Constituição Federal, não restará às FFAA senão intervir no processo e decretar a INTERVENÇÃO MILITAR .Analisemos :Primeiro, o clamor popular está diuturnamente fervendo nas redes sociais com milhões de compartilhamentos e, a imprensa omissa não divulga essa realidade . Convivemos diuturnamente com manifestações tais como:

- "Fechem o Congresso Nacional, intervenção já"

- "Todos os Poderes da República estão comprometidos com a corrupção"

- "A pressão vem aumentando e ficou insuportável manter corruptos no poder", etc...

O processo eleitoral em 2018 não vai mudar nada, caso tenhamos a reeleição dos mesmos políticos profissionais de sempre, beneficiados pelas urnas eletrônicas não confiáveis e se amparando no foro privilegiado.

Generais da Reserva têm se pronunciado a respeito, senão vejamos:

- Gen Lessa - "a situação do País é de fato muito crítica e caminha para uma Guerra Civil que será repudiada à bala, com derramamento de sangue, e o STF é o protagonista principal responsável por isso, antecipando essa rebelião fratricida".

- Gen Mourão - "O País caminha para a Intervenção Militar, são as aproximações sucessivas que vêm ocorrendo e cuja hora está próxima".

- Eu, Gen Paulo Assis - "Quem fala muito não faz" - Os movimentos radicais esquerdistas estão desesperados, enfraquecidos e desacreditados, e não terão sustentação para impor uma Guerra Civil. Não precisamos ter receio, que venha a Intervenção Militar !

As FFAA, apesar de silenciosas não estão indiferentes e diante de um grave conflito social saberão intervir na hora certa, pois é seu dever restaurar a ordem. Havendo a intervenção, as FFAA com seu potencial nacional, saberão controlar a situação em todos os Campos do Poder e, até, evitar derramamento de sangue.

Quanto às Esquerdas Radicais, prova que estão enfraquecidas, é o acampamento ridículo próximo à Polícia Federal em Curitiba e levados ao desespero apelando para reforços em países alienígenas, ferindo inclusive a nossa SOBERANIA.

Não dá para protelar mais, chegamos no limite da tolerância e a gota d’água será se absolverem o ex-presidente condenado em segunda instância e preso legalmente, e, se solto, será um golpe constitucional, de total responsabilidade do STF, se assim proceder.

Não restará alternativa que não seja a INTERVENÇÃO MILITAR!